dte, empresa de Instalações Especiais do grupo dst, está a participar na construção do novo terminal de passageiros da Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL), estando encarregue dos trabalhos de aquecimento, ventilação e ar condicionado do novo edifício. Com um custo estimado de dois milhões de euros, a intervenção da dte assenta nos parâmetros de qualidade e inovação que a empresa aplica de forma consistente em todos os trabalhos que executa, procurando soluções tecnologicamente avançadas e que acrescentam valor aos projetos.

Na obra em curso no novo terminal de cruzeiros da APDL, com conclusão prevista ainda para este ano, a dte potencia a utilização da água do mar como meio de permuta para a produção de água fria e quente destinada à climatização do edifício. Desta forma, obtêm-se rendimentos muito elevados na produção de água arrefecida e aquecida para climatização, permitindo assim controlar a temperatura e humidade ao nível dos espaços destinados a receber os passageiros, bem como para os espaços destinados a laboratórios e biotério, que contam, também, com controlo da pressão interior, de modo a não permitir permutas com as áreas circundantes.

O imóvel - destinado a receber os passageiros dos paquetes que atracam em Leixões - promete ser um marco na cidade do Porto, enquanto destino turístico de referência e na paisagem de Matosinhos, não só devido à sua arrojada e singular arquitetura, mas também pelas soluções tecnologicamente avançadas utilizadas na sua construção.

Com o Turismo a crescer de forma sustentada no Norte de Portugal, o terminal de passageiros da APDL constituirá uma plataforma estratégica de entrada no país, contribuindo de forma decisiva para o crescimento do sector e para alavancar a economia regional e nacional.

Ao participar nesta obra, a dte vê assim reconhecida a sua capacidade execução num projeto de tamanha exigência, aplicando o reconhecido know-how técnico que a empresa do grupo dst tem vindo a patentear na área das Instalações Especiais, e no AVAC em particular.

José Teixeira, presidente do Conselho de Administração do grupo dst, considera que o envolvimento da dte no projeto do terminal de passageiros da APDL "contribui de forma decisiva para a notoriedade da empresa no setor da construção, afirmando, uma vez mais, a sua capacidade para levar a bom porto obras de elevada complexidade e com um nível tecnológico excecional". "É mais um passo na afirmação do grupo dscomo referência incontornável num setor que vive momentos conturbados, mas onde a inovação, que sempre procuramos, continua a ser um elemento diferenciador e gerador de mais-valias", concluiu.


/imgs/certificacoes.jpg

PME Excelência 2001 ConstruçãoÂmbito/
Instalações Elétricas de Utilização de Energia, Postos de transformação, Ramais de Média Tensão, Ramais de Baixa Tensão, Iluminação Pública.
APCER
Certificado nº 02/CEP.1753 Sistema Português da Qualidade NP ISO 9001