A dstelecom ganhou os concursos para as Redes de Nova Geração (RNG) das zonas rurais do Norte e Sul do país e vai investir 108 milhões de euros (€68M no Norte e €40M no Sul) na implementação de cerca de oito mil quilómetros de fibra ótica, anunciaram esta manhã o governo e a empresa em Vila Viçosa. De acordo com a informação da empresa, com este investimento, o grupo dst, que também opera no mercado das telecomunicações, vai potenciar a criação de 3300 empregos diretos e cobrir com esta tecnologia mais de 50% da população destas regiões. Em ambos os concursos a empresa teve como parceiro para retalho a Optimus.

Enquanto a dstelecom se propunha manter o seu papel de operador de operadores, com a sua atividade concentrada na construção, operação e manutenção de RNG, a Optimus ficaria responsável por assegurar todos os aspetos relacionados com a prestação de serviços aos seus clientes. “No nosso entender, não faz sentido todos os operadores construírem uma infraestrutura física onde corram apenas os seus serviços, pois o elevado custo de construção seria transposto para a sua oferta, penalizando o consumidor final”, salienta o mesmo responsável.

 


/imgs/certificacoes.jpg

PME Excelência 2001 ConstruçãoÂmbito/
Instalações Elétricas de Utilização de Energia, Postos de transformação, Ramais de Média Tensão, Ramais de Baixa Tensão, Iluminação Pública.
APCER
Certificado nº 02/CEP.1753 Sistema Português da Qualidade NP ISO 9001