O grupo dst propôs-se construir e arrendar à Sonae Distribuição lojas que serão transformadas em supermercados Modelo, com lojas Worten, Saúde e Modalfa.

Para o efeito, o grupo criou a IPPLUS, a empresa agora responsável pela compra dos terrenos, gestão da construção e arrendamento das lojas à Sonae Distribuição. A dst em o seu modelo de negócio sustentado na criatividade e na inovação e este negócio vem demonstrar, mais uma vez, que é possível fazer negócios fora do standard e do status quo, refere José Teixeira, CEO do grupo dst.

Para já, o grupo está a construir as primeiras três lojas, em Sintra, na Lixa e no Peso da Régua, o que representa um investimento de 18,6 milhões de euros por parte da IPPLUS e vai permitir à construtora dst encaixar 12,6 milhões. Estes três primeiros projetos permitem-nos aliviar a construtora da pressão de ter de ganhar carteira de obras à custa da canibalização das margens, acrescenta o responsável.

Os novos espaços estão implementados em mais de 35 mil metros quadrados e reúnem sinergias operacionais de quatro empresas do grupo, a dst (construção), a bysteel (metalomecânica), a dte (empreitadas eléctricas) e a Cari Construtores (recuperação imobiliária).

Situado na freguesia de Montelavar, o novo Modelo de Sintra representa um encaixe de mais de 4,5 milhões de euros e deverá estar concluído em Março do próximo ano, menos de cinco meses após o início dos trabalhos.

Nesta obra, implementada em cinco mil metros quadrados, participam as empresas dst, bysteel e dte, as quais são responsáveis pela construção da loja, arranjos exteriores e acessos ao espaço, o que inclui a construção de uma rotunda.

As mesmas três empresas do grupo foram escolhidas para erguer o Modelo do Peso da Régua, na freguesia de Godim, o qual foi construído entre Julho e Outubro deste ano e permitiu ao grupo aumentar o volume de negócios em 3,5 milhões de euros. Para além do supermercado, o edifício, que está implementado numa área de 25 mil metros quadrados, alberga também as lojas Worten, Saúde e Modalfa, um armazém, escritórios internos, uma zona verde e um parque de estacionamento.

A obra envolveu trabalhos de construção civil e acabamentos, movimento de terras, betão armado e estrutura metálica, assim como intervenções nas redes de abastecimento, de drenagem de águas domésticas e residuais pluviais e de gás. Foram também efetuadas instalações mecânicas e elétricas, bem como arranjos e arruamentos exteriores.

Já na Lixa, no concelho de Felgueiras, o novo Modelo é da responsabilidade da Cari Construtores, empresa do grupo dst que atua na área da recuperação imobiliária e representa uma adjudicação de 4,5 milhões de euros. O supermercado possui uma área de implementação de mais de 5,4 mil metros quadrados e deverá estar concluído em Dezembro, menos de quatro meses após o início dos trabalhos.

No mesmo espaço irão marcar também presença as lojas Modalfa, Saúde e Worten, áreas de restauração e convívio e um parque de estacionamento subterrâneo com capacidade para 200 lugares, para além de escritórios, gabinete médico, armazém e áreas técnicas e de vendas.


/imgs/certificacoes.jpg

PME Excelência 2001 ConstruçãoÂmbito/
Instalações Elétricas de Utilização de Energia, Postos de transformação, Ramais de Média Tensão, Ramais de Baixa Tensão, Iluminação Pública.
APCER
Certificado nº 02/CEP.1753 Sistema Português da Qualidade NP ISO 9001